Crise hídrica pode durar até 2024, alerta ministro


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Para o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, a crise hídrica não vai se resolver em dezembro, muito menos em abril de 2022.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse que a crise hídrica não preocupa apenas em 2021, porque deve perdurar nos próximos anos. Ele e especialistas concordam que o nível dos reservatórios das hidrelétricas baixará ainda mais até dezembro, quando começa o período úmido, que segue até abril.

“Evidentemente, nós não estamos preocupados só com 2021. Mas também com 2022, 2023, 2024. Porque os nossos reservatórios estão em níveis baixos e ficarão ainda mais baixos até o fim do ano. As coisas não vão se resolver em dezembro, muito menos em abril de 2022. É lógico que o nosso foco agora é prover a oferta necessária para que a gente passe sem maiores problemas por essa fase até novembro. Mas nós temos que fazer um trabalho de médio prazo para que possamos ter condições melhores nos anos vindouros”, disse ao jornal O Globo.

Segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico, grande parte das represas do Sudeste e do Centro-Oeste terá menos de 10% de água em dezembro.

Veja também: Rio Parauapebas — Conhecer para Conservar: documentário estreia nesta quinta, 9

Metrópoles


Mais do Portal F5


  • Destaques

Bolsonaro retira R$ 600 milhões do financiamento de pesquisas científicas

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta sexta-feira (15) a lei aprovada pelo Congresso que remanejou...

  • Destaques

Acabou de chegar ao Brasil a GeForce Now, um serviço de streaming de jogos

Chegou oficialmente no Brasil, a GeForce Now, um tipo de “streaming de jogos”. A plataforma...

  • Destaques

Previsão para redução da gasolina é só em 2022

A possível redução do preço da gasolina nas bombas, se confirmada, só deverá ser sentida no...

Você não pode copiar esse texto.