Caminhões com combustível são escoltados no Pará


  • Nenhum comentário
  • Destaques

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) garantiu, em parceria com o Exército Brasileiro, por meio do Comando Militar do Norte, e amparada pelo Decreto número 9.382, de 25 de maio de 2018, o reforço na segurança durante o traslado dos caminhões com combustíveis que saíram do Porto de Miramar para o município de Santa Maria do Pará.

O objetivo da integração entre as instituições é assegurar o abastecimento de combustível e insumos dos municípios localizados na região nordeste do estado, onde falta combustível, garantindo assim, principalmente, os serviços do sistema de saúde pública à população, como o abastecimento de ambulâncias para atender chamados de urgência e emergência, por exemplo. Atuaram na escolta militares da Ronda Tática Metropolitana (Rotam), Grupamento Tático, Polícia do Exército e batedores. O comboio deixou o porto de Miramar e seguiu para o município paraense às 7h.

Caminhoneiros liberaram 300 mil litros de combustível por dia para a cidade de Marabá e outros municípios do sudeste paraense, a fim de atender prioritariamente serviços básicos, como saúde, educação, segurança e limpeza pública. Alguns postos, dos 47 que funcionam em Marabá, começaram a ser abastecidos na noite desta segunda-feira (28). A decisão da categoria resultou de uma negociação liderada pelo Comitê Gestor de Crise, em reunião realizada no Carajás Centro de Convenções.

Rogério Lustosa, presidente da Câmara Setorial dos Postos e Distribuidores de Combustíveis, informou que 300 mil litros representam 20% da quantidade diária utilizada normalmente. “A prioridade é para os órgãos públicos, as primeiras necessidades, e o que sobrar será para atender a comunidade. Se for necessário, haverá fracionamento no abastecimento ao público. Todos os postos vão receber certa quantidade para atender a demanda. Foi uma decisão coerente, consciente da necessidade de atender a população”, disse Rogério Lustosa.

Outros setores

O secretário-adjunto em exercício da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Arthur Lobo, e o presidente da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), Claudio Conde, anunciam para a imprensa, na manhã desta terça-feira (29), algumas medidas preventivas que estão sendo tomadas devido à crise nacional de abastecimento.

O secretário-adjunto de Gestão Operacional da Secretaria de Segurança Pública (Segup), André Cunha, que também participa da entrevista, informará, à exemplo do que ocorreu na manhã desta segunda-feira (28), sobre a situação atualizada nas estradas e as medidas que vem sendo tomadas sobre a questão de abastecimento.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) também informa que não procedem informações que circularam nas redes sociais sobre suspensão das aulas em função da greve de caminhoneiros. A Seduc gerencia o Transporte Escolar de apenas cinco municípios: Vigia, Igarapé-Açu, Bragança, Novo Repartimento e Belém (região as ilhas) e, segundo levantamento realizado pela secretaria, nesses municípios não houve suspensão de aulas nesta segunda-feira (28).

A Seduc esclarece ainda que, até o momento, não se cogita da suspensão das aulas nas escolas estaduais. Entretanto, as prefeituras dos municípios de Nova Esperança do Piriá, Castanhal e São Francisco do Pará informaram, na segunda, que as aulas foram suspensas em função da falta de combustível para a frota do Transporte Escolar.

As  escolas também estão abastecidas de produtos para a merenda escolar, como proteína (carne, peixe, frango, charque) e carboidratos (arroz, feijão, macarrão), leite e tempero completo, além de outros produtos já entregues para todas as escolas de Tempo Integral. Até agora não houve relato de prejuízos do abastecimento das escolas.

Com informações do Governo do Estado do Pará


Mais do Portal F5


  • Destaques

Adolescente Mata Família em SP e Choca a Comunidade Local

Um adolescente de 16 anos chocou a cidade de São Paulo ao confessar ter assassinado...

  • Destaques

Programa de Formação Profissional da Vale Expande Oportunidades

A Vale lançou um Programa de Formação Profissional (PTP) para capacitar indivíduos com as habilidades...

  • Destaques

Câmara de Parauapebas aprova campanha contra crimes cibernéticos

A Câmara Municipal de Parauapebas aprovou uma campanha de conscientização e prevenção contra crimes cibernéticos....

Você não pode copiar esse texto.