Corpo de Lenilda Andrade é identificado em Brumadinho


  • Nenhum comentário
  • Destaques

O corpo de Lenilda Andrade foi identificado através das impressões digitais

Depois de muitos dias de buscas após o rompimento da Barragem Córrego do Feijão, no dia 25 de janeiro, equipes de resgate localizaram neste sábado (2) o corpo de Lenilda Cavalcante Andrade em Brumadinho, Minas Gerais. Mas foi na manhã deste domingo (3) que a identificação por meio das digitais foi confirmada.

Lenilda estava entre os funcionários da mineradora Vale que estavam desaparecidos na tragédia. O ‘tsunami’ de lama com rejeitos de minério de ferro, engoliu uma parte da área administrativa onde se encontravam centenas de funcionários, consequentemente Lenilda foi uma das vítimas.

Desde o anúncio do rompimento da barragem, familiares, amigos e toda a comunidade de Parauapebas comovidos com a tragédia, acompanharam apreensivos dia a dia o desenrolar das buscas na esperança que Lenilda fosse encontrada com vida.

Sem notícias efetivas sobre a real situação vivida em Brumadinho, os pais dela, Manoel Andrade e Maria Ivone Cavalcante Andrade, e a tia, Maria das Graças, saíram do Pará no dia seguinte da tragédia e se descolaram à Brumadinho para acompanhar de perto o andamento das buscas.

Lá, os pais e a tia se juntaram ao filho de Lenilda de 19 anos, que morava com ela, para realizar buscas por conta própria em hospitais e na Polícia Civil. Também precisaram realizar um cadastro para ser enviado ao Instituto Médico Legal (IML) de Minas Gerais.

Foi durante a operação de resgate realizada por bombeiros na área administrativa da empresa, as mais críticas atingidas pela lama, que o corpo de Lenilda foi encontrado. Para as equipes de buscas, a chance de encontrar sobreviventes ainda existe e a procura ainda continua, visto que ainda há um grande número de desaparecidos.

Para os familiares, resta a dor de uma perda insuperável. Lenilda Cavalcante Andrade trabalhava na mineradora há quase 10 anos. Iniciou seu trabalho enquanto morava em Parauapebas e em 2016 foi transferida para Brumadinho, onde atuava como técnica em planejamento.

Lenilda, com apenas 36 anos, deixa familiares e amigos com corações entristecidos com sua partida repentina. O corpo de Lenilda já se encontra em trâmites para cremação.

O #PortalF5 que acompanhou desde o início o desenrolar dessa triste tragédia, lamenta profundamente e se solidariza com familiares e amigos de Lenilda.


Mais do Portal F5


  • Destaques

Jogo do Tigrinho: Desvendando os Segredos

Investigação de engenheiro de segurança cibernética revela bastidores do jogo online e alerta para falta...

  • Destaques

Polícia prende homem com fuzil anti-drones em Nova Iguaçu

Agentes da Polícia Federal e da Receita Federal frustraram, na manhã de segunda-feira (15), o...

  • Destaques

Operação Santa Rota Combate Corrupção em Santaluz

A Operação Santa Rota combate corrupção em Santaluz e investiga irregularidades na contratação de transporte escolar. A...

Você não pode copiar esse texto.