Número de acidentes nas estradas paraenses cai em julho, em relação ao ano anterior


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Conforme balanço final da Operação Férias Escolares 2018, divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), julho de 2018 teve menos acidentes registrados nas estradas federais do Pará, em relação a julho de 2017, porém dados ainda são preocupantes e indicam necessidade de mais educação no trânsito.

Durante o período, foram registrados 126 acidentes em rodovias federais paraense, que resultaram na morte de 16 pessoas e 138 feridos. No mesmo período do ano passado, foram registrados 146 acidentes, que resultaram na morte de 18 pessoas e deixaram outras 124 feridas.

Mesmo com campanhas sobre o comportamento do motorista, a PRF emitiu durante toda a operação, 5.243 autos de infração, sendo a maioria (1.140 autos de infração) por excesso de velocidade nas rodovias federais paraense.

Além do excesso de velocidade, as principais infrações cometidas estiveram relacionadas à ultrapassagem (996); condutor sem capacete (301); sem cinto de segurança (195); alcoolemia (90) e criança sem cadeirinha (60).

Por meio de trabalhos ostensivos, foram fiscalizados 9.171 veículos e 9.808 pessoas. Ações educativas também foram promovidas pela PRF, sensibilizando 1.682 motoristas e passageiros sobre seus papeis na construção de um trânsito mais seguro.

Segundo a PRF, o que chamou atenção no balanço deste ano foi a alta quantidade de motoristas que foram autuados por realizarem ultrapassagens em faixa amarela contínua – conduta que causa o maior número de mortes em acidentes nas rodovias federais – que geralmente é colisão tipo frontal.

Ainda de acordo com a PRF, “a mistura desse tipo de conduta imprudente com o excesso de velocidade é a receita exata para a ocorrência de acidentes de trânsito graves”.

De acordo com o balanço, foram realizados 5.503 testes de alcoolemia e o número de motoristas flagrados dirigindo sob a influência de álcool foi de 90. Além disso, 21 motoristas foram detidos, “pois apresentaram índice de álcool no sangue além do previsto para infração, configurando-se crime de trânsito”.

Os procedimentos de fiscalização resultaram em 189 veículos retidos para o pátio, além de 133 CNHs e 761 CRLV recolhidos por irregularidades diversas. (DOL)

 


Mais do Portal F5


  • Destaques

Jogo do Tigrinho: Desvendando os Segredos

Investigação de engenheiro de segurança cibernética revela bastidores do jogo online e alerta para falta...

  • Destaques

Polícia prende homem com fuzil anti-drones em Nova Iguaçu

Agentes da Polícia Federal e da Receita Federal frustraram, na manhã de segunda-feira (15), o...

  • Destaques

Operação Santa Rota Combate Corrupção em Santaluz

A Operação Santa Rota combate corrupção em Santaluz e investiga irregularidades na contratação de transporte escolar. A...

Você não pode copiar esse texto.