Reforço na segurança das escolas públicas


  • Nenhum comentário
  • Destaques

 

 

Com o objetivo de traçar estratégias para coibir práticas criminosas e garantir mais segurança no âmbito escolar, o secretário de Educação, Raimundo Neto, reuniu em seu gabinete, na manhã de segunda-feira, 26, representantes da Polícia Civil, Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), Guarda Municipal e da 21ª Unidade Regional de Educação (URE).

Durante a reunião, foram definidas algumas medidas que serão tomadas tanto pelos órgãos educacionais quanto pelas instituições de segurança pública, com o intuito de garantir mais segurança nos entornos e nas unidades educacionais.

Segundo Raimundo Neto, as ações nas escolas serão redobradas e a atuação conjunta garantirá um resultado mais eficiente à comunidade. “Nós intensificaremos o trabalho, que já vem sendo realizado com o apoio da Guarda, de prevenção e orientação aos gestores, funcionários, alunos e familiares. E com o apoio da polícia e Semsi poderemos otimizar os resultados, por meio de monitoramento e ações com presença nas escolas”, afirma o gestor.

O titular da Semsi, Wanterlor Bandeira, ressaltou que a prefeitura está reestruturando e equipando a Guarda Municipal com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), motocicletas e carros novos “para que possa contribuir ainda mais com esse trabalho preventivo nas escolas”.

Outra medida está na ampliação do videomonitoramento, para dar maior segurança à comunidade escolar. “Vamos direcionar esse serviço mais especificamente para as escolas, praças e logradouros públicos”, informou Wanterlor Bandeira.

A “Ação Presença”, que é realizada todos os dias nas escolas pela Guarda Municipal e Polícia Militar, foi reforçada com mais duas viaturas. “Ampliamos o atendimento às escolas e, para que haja maior eficiência, estamos com três viaturas realizando a ronda de segunda à sexta-feira”, disse João Jorge, coordenador de operações da Guarda Municipal.

Quem também esteve presente na reunião e está empenhada em contribuir com a solução da questão é a delegada da 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, Yanna Azevedo. “Com a parceria, reunimos forças não só para trabalhar de forma preventiva, mas também com ações de combate, mostrando o resultado para a sociedade”, frisou ela.

Para que as ações de combate à violência tenham maiores e melhores resultados, observou a delegada, é importante que a comunidade escolar contribua com os órgaõs de segurança, fornecendo informações para o andamento das investigações e fazendo o registro de ocorrência de eventuais crimes praticados na zona escolar.

Também participaram da reunião o diretor da 21ª Unidade Regional de Educação (URE), José Sena; as assessoras técnicas da URE, Maria Rozete de Morais e Claudileia Macedo; a subcomandante da Guarda Municipal Mônica Rocha e a GM Darli Zavitoski.

Ocorrências

Escolas da rede pública têm sido alvo de assaltos. O Portal F5 produziu uma reportagem sobre o assunto que você pode conferir neste link https://goo.gl/Pvo4B9

Com informações de Messania Cardoso | Ascom Semed


Mais do Portal F5


  • Destaques

Jogo do Tigrinho: Desvendando os Segredos

Investigação de engenheiro de segurança cibernética revela bastidores do jogo online e alerta para falta...

  • Destaques

Polícia prende homem com fuzil anti-drones em Nova Iguaçu

Agentes da Polícia Federal e da Receita Federal frustraram, na manhã de segunda-feira (15), o...

  • Destaques

Operação Santa Rota Combate Corrupção em Santaluz

A Operação Santa Rota combate corrupção em Santaluz e investiga irregularidades na contratação de transporte escolar. A...

Você não pode copiar esse texto.