Servidores municipais rejeitam aumento de 2,8%


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Foto: Deicharles Damascena

De acordo com o governo a situação econômica atual do município permite apenas a reposição da inflação nacional no reajuste salarial. Quanto ao Vale-Alimentação, a proposta do governo é a criação de faixas de valores, de forma que, quem ganha um salário menor receba os valores integralmente e quem tem salários maiores, como secretários e médicos, não ganhe mais o benefício.

A fragmentação do Vale-Alimentação foi rejeitada pelos sindicatos. “Acreditamos que os números podem ser trabalhados de uma forma melhor; o município vive um momento favorável, podendo investir mais no funcionalismo público que movimenta a economia local, ao invés de terceirizações que levam nossos recursos para fora e exploram a mão de obra local”, avaliou Carlos Alessander, vice-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Parauapebas (Sinseppar).

A Folha de Pagamento (FOPAG) de Parauapebas tem números expressivos há muito tempo, no mês passado fechou na casa dos R$ 34 milhões, um pouco abaixo dos quase R$ 39 milhões do mês de março de 2017. A redução já deve ser um reflexo do processo de terceirização dos serviços elementares, como de limpeza e vigilância, citados pelo representante sindical.

A proposta do município está bem abaixo da série de aumentos dos últimos anos para os servidores: em 2017 o percentual de aumento aprovado foi 8% e o Vale-Alimentação saiu de R$ 445 para R$ 600; em 2016 o reajuste ficou em 11,28% e o Vale-Alimentação em R$ 445,00; 2015 o aumento foi de 10% nos salários dos servidores públicos municipais, que também receberam na época o Vale-Alimentação de R$ 400,00.

Mesa de negociação

De acordo com representantes do Sinseppar e também do Sindicato dos Trabalhadores na Educação Pública de Parauapebas (SINTEPP), apesar da contraproposta do governo para o reajuste ter sido bem abaixo do esperado, houve alguns avanços na reabertura da mesa de negociação com o governo municipal.

Foto: Deicharles Damascena

“Nós tivemos avanços na questão do pagamento do retroativo dos professores, uma pauta muito antiga do nosso sindicato. Também fomos contemplados nas reformas nas escolas municipais. Até sexta-feira, 13, o prefeito irá apresentar um cronograma de reformas imediatas em diversas escolas do município”, elencou Rosemiro Laredo, do Sintepp.

Também ficou acertado na reunião: a garantia de recebimento sem interrupção do Vale-Aalimentação por gestantes;
o prazo de 60 dias para avaliação do conselho gestor da minuta do novo Estatuto do Servidor, iniciando já na próxima semana;
realização de mesa permanente de negociação, com reuniões ordinárias a cada dois meses, e de forma extraordinária, quantas vezes se fizerem necessárias.

Ainda na mesa de negociação com os sindicatos, os representantes do governo informam que neste mês serão resolvidas as pendências de pagamento com os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e das progressões retroativas dos professores.
Uma agenda de reuniões foi encaminhada: 13/04 os sindicatos se reunirão com as secretarias de Planejamento, Finanças e Administração para detalhamento da situação econômica do município, e dia 16/04 serão realizadas reuniões com cada um dos sindicatos para tratarem de pautas específicas.

 

Propostas dos servidores

A proposta da categoria, aprovada na Assembleia Geral do dia 02 de março de 2018, é de 10% de reajuste salarial e Vale-Alimentação de R$ 750,00.

 

Com informações do SINSEPPAR e da Agência de Notícias Conecta Carajás

 

 

 

 


Mais do Portal F5


  • Destaques

Vale abre vagas de estágio no Pará

A mineradora Vale, referência global no setor de mineração, está com inscrições abertas para o Programa...

  • Destaques

Justiça Autoriza Transfusão de Sangue em Bebê Contra Vontade dos Pais

Decisão Judicial Prioriza Vida de Recém-Nascido A Justiça de Ilhéus, Bahia, autorizou uma transfusão de...

  • Destaques

Polícia Federal Interrompe Atividade de Mineradora Clandestina no Pará

Cumaru do Norte (PA) — Em uma ação decisiva, a Polícia Federal (PF) desmantelou uma operação...

Você não pode copiar esse texto.