Avanco deve comprar projeto de cobre da Vale


  • Nenhum comentário
  • Notícias

A Avanco Resources disse hoje (16) que está perto de assinar um acordo de opções que prevê a compra do projeto de cobre Pantera, da Vale, na região de Carajás, no Pará. O projeto fica a 20 quilômetros da Mineração Onça Puma (MOP), subsidiária da Vale.

“Pantera fica perto das operações da Avanco na província mineral de Carajás, de classe mundial, e tem o potencial para acrescentar recursos e reservas significativos e um perfil de produção de longo prazo para a companhia”, disse a Avanco em nota.

A Avanco, que opera a mina de cobre Antas por meio da AVB Mineração, localizada no município de Curionópolis, afirma que concordou com os termos de um acordo de opção para adquirir 100% do projeto Pantera, que está em fase inicial de exploração.

O projeto tem uma área de 9.700 hectares, cerca de 100 quilômetros quadrados, e fica a 110 quilômetros a oeste do projeto de cobre e ouro Pedra Branca, da Avanco. O empreendimento com infraestrutura próxima e apresenta resultados de sondagem com 28 metros @ 2,58% de cobre a partir de 81 metros, incluindo 10,05 metros @ 3,75% de cobre.

“Pantera é um depósito típico de IOCG (Iron Ore Copper Gold) em Carajás, formado por mineralização predominante de calcopirita em zonas tabulares de minério hospedadas em uma zona de cisalhamento íngreme”, diz a Avanco em comunicado.

A auditoria técnica conduzida pela Avanco afirma, com base em dados históricos de sondagem, que a camada mineralizada pode se estender por mais de quatro quilômetros e está aberta em profundidade em todas as seções.

Transação

A Avanco pagou US$ 500 mil, não reembolsáveis, pela opção de aquisição de Pantera. Para que a opção seja exercida, a Avanco terá que fazer 14 mil metros de sondagem em dois anos, se o resultado for positivo, a mineradora australiana pagará 4 centavos de dólar por libra de cobre para a Vale, e se o cobre contido superar 400 mil toneladas esse valor sobe para 6 centavos. Em ambos os casos, está limitado a US$ 3 milhões por ano.

A equipe de gestão da Avanco estima que o valor total de aquisição deve ficar entre US$ 20 milhões e US$ 35 milhões a serem desembolsados ao longo de sete e 12 anos. A Vale tem um acordo com o BNDES, detentora de royalties no empreendimento, para pagamento de 1,5% da receita bruta, que deve ser honrado pela Avanco.

Fonte: NMB

 


Mais do Portal F5


  • Notícias

Vale abre vagas de estágio no Pará

A mineradora Vale, referência global no setor de mineração, está com inscrições abertas para o Programa...

  • Notícias

Justiça Autoriza Transfusão de Sangue em Bebê Contra Vontade dos Pais

Decisão Judicial Prioriza Vida de Recém-Nascido A Justiça de Ilhéus, Bahia, autorizou uma transfusão de...

  • Notícias

Polícia Federal Interrompe Atividade de Mineradora Clandestina no Pará

Cumaru do Norte (PA) — Em uma ação decisiva, a Polícia Federal (PF) desmantelou uma operação...

Você não pode copiar esse texto.