Câmara de Parauapebas aprova campanha contra crimes cibernéticos


  • Nenhum comentário
  • Destaques

A Câmara Municipal de Parauapebas aprovou uma campanha de conscientização e prevenção contra crimes cibernéticos. A iniciativa, proposta pelo vereador Miquinha (PT), visa educar a população sobre os perigos da internet e promover a segurança digital. A campanha busca combater crimes como deepfakes, especialmente envolvendo crianças, adolescentes e pessoas com deficiência. A ação inclui a capacitação de educadores e a divulgação de canais de denúncia. A aprovação aconteceu em 14 de maio e agora aguarda a sanção do prefeito Darci Lermen.

Miquinha destacou a importância da campanha para proteger os mais vulneráveis e reforçar a segurança na internet. “Precisamos estar preparados para enfrentar essas novas ameaças digitais”, afirmou. A campanha terá um enfoque especial nas escolas, com palestras e materiais educativos para estudantes e professores. Além disso, serão realizadas ações de divulgação em toda a cidade, alertando sobre os riscos dos crimes cibernéticos e como se proteger.

A campanha não apenas educará a comunidade, mas também fornecerá ferramentas para denunciar e combater esses crimes. A expectativa é que, com a conscientização, a população esteja mais preparada para identificar e evitar situações de risco online. O projeto recebeu apoio unânime dos vereadores, que reconheceram a urgência de abordar o tema.

Veja também:
Mulheres do União Brasil reúnem mais de 2 mil pessoas
Empresa de Energia Sustentável Será Instalada em Parauapebas


Mais do Portal F5


  • Destaques

Rússia e Coreia do Norte firmam acordo de proteção mútua

Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, desembarcou na Rússia para um encontro crucial com...

  • Destaques

Marvel vs Capcom Fighting Collection é anunciado

A Capcom anunciou oficialmente a Marvel vs Capcom Fighting Collection: Arcade Classics para PS4, Switch...

  • Destaques

Kansas acusa Pfizer de enganar público sobre vacina Covid-19

O estado do Kansas abriu um processo judicial contra a Pfizer nesta segunda-feira, acusando a...

Você não pode copiar esse texto.