Homem se mata perto da esposa e da amante


  • Nenhum comentário
  • Destaques

 

Jamais um grupo de amigos que estava bebendo imaginava um desfecho tão inesperado e drástico da noite de farra. Jhonatan e Corina, casados, e suas duas amigas Tamires e Leane saíram por volta das 04h59, desta sexta-feira (29), do bar Royal, localizado à Rua 14, bairro União, depois de uma discussão entre as duas amigas.

De acordo com o relato de Corina, a discussão das mulheres continuou no carro, todos estavam alcoolizados, inclusive Jhonatan, o condutor do veículo, que ficou muito estressado com a confusão entre as duas mulheres. O casal também começou a se desentender e Corina saiu do carro e se direcionou, caminhando, para a sua residência, também localizada no bairro União.

Quando Corina chegou, seu esposo já estava à sua espera, na porta da residência, e eles voltaram a discutir, “seja homem, assuma que você possui um caso com a Larissa”, disparou Corina para o marido, que no primeiro momento negou ter um caso extraconjugal com a referida mulher, mas confessou em seguida, “é da Larissa que você quer saber? Eu realmente possuo um caso com ela, mas se você quiser, eu termino com ela para ficar somente com você”, disse Jhonatan, conforme o relato da esposa.

Jhonatan então ligou para Larissa e marcou um encontro entre ela, ele e Corina, para encerrar o caso extraconjugal. Todos foram para a praça do bairro Beira Rio, onde o desfecho lamentável ocorreu. O casal foi para o encontro de moto. Quando se encontraram, Jhonatan disse para Larissa, na frente de Corina, “olha, eu amo minha mulher e meus dois filhos e gostaria de pôr um fim no nosso relacionamento”.

Corina e Jhonatan voltaram a discutir, “você não vai mudar, se você quiser ficar com ela que fique, porque você não vai mudar e não vale nada! Não preciso de você, vou embora”, disparou Corina contra Jhonatan.

“Tá bom, se você for embora eu me mato, não consigo viver sem você!”, anunciou Jhonatan para Corina, que disse “então se mata”, pois pensou ser apenas chantagem emocional do marido. Segundo o seu relato, até mesmo Larissa insistiu para que ela não fosse embora, “me larga guria, vou embora”, disse Corina para Larissa.

Quando Corina se dirigiu para a moto, Jhonatam gritou “amor, eu vou me matar”, quando ela se virou e escutou um tiro, e em seguida outro. Larissa gritou “ele se matou”. Corina, em estado de choque, se aproximou do corpo do marido, estendido no chão, e constatou que o homem estava morto. Ela sabia que ele portava uma arma em casa, conforme relatou no Boletim de Ocorrência. Os fatos devem ser apurados pela polícia.


Mais do Portal F5


  • Destaques

Vale abre vagas de estágio no Pará

A mineradora Vale, referência global no setor de mineração, está com inscrições abertas para o Programa...

  • Destaques

Justiça Autoriza Transfusão de Sangue em Bebê Contra Vontade dos Pais

Decisão Judicial Prioriza Vida de Recém-Nascido A Justiça de Ilhéus, Bahia, autorizou uma transfusão de...

  • Destaques

Polícia Federal Interrompe Atividade de Mineradora Clandestina no Pará

Cumaru do Norte (PA) — Em uma ação decisiva, a Polícia Federal (PF) desmantelou uma operação...

Você não pode copiar esse texto.