Piloto que espancou advogada responderá em liberdade


  • Nenhum comentário
  • Destaques

O inquérito contra o piloto de aviões Victor Augusto do Amaral Junqueira, de 24 anos, que agrediu violentamente a ex-namorada, a advogada Luciana Sinzimbra foi finalizado. O rapaz se apresentou na delegacia acompanhado por seu advogado e optou por colaborar com as investigações e acatar o cumprimento da medida protetiva em favor da vítima. O agressor vai responder aos crimes em liberdade.

Victor Augusto do Amaral Junqueira, de 24 anos, é o piloto de aviões e tem boa condição social

Na presença de seu advogado Romero Rassi e de acordo com informações da delegada Ana Elisa Gomes, responsável pelo caso, Victor, ficou em silêncio durante todo o interrogatório. Ele foi indiciado por lesão corporal, injúria, ameaça e violação de domicílio. O processo foi encaminhado nesta quinta-feira (27) à justica e ainda será analisado pelo Ministério Público, que pode iniciar um processo criminal. Enquanto isso, ele seguirá em liberdade.

A justiça garantiu à vítima proteção, enquanto isso, Victor deve cumprir as medidas cautelares em relação a ela. Se em algum momento, ele descumprir a medida, seja atrapalhando as investigações, se aproximando dela, difamando ou desqualificando a vítima, ele será preso.
Mais um caso de violência doméstica que ganha repecursão e levanta discusões na sociedade sobre a realidade que muitas mulheres convivem no Brasil. Nas redes sociais, celebridades, personalidades e políticos cobraram que a justiça agisse com rigor nesse caso.

Mas pelo visto, mesmo com a gravação do vídeo, a delegada afirmou que não havia base para que o agressor fosse preso. Não houve flagrante e além disso, Victor está “colaborando com as investigações”.

Relembre o caso – O vídeo que registrou o momento em que o piloto de aviões Victor Augusto do Amaral Junqueira, de 24 anos, passa a agredir violentamente a jovem advogada Luciana Sinzimbra, 26 anos, e foi vazado sem o consentimento da vítima e viralizado nas redes sociais, causando uma forte repercusão nacional.

Nas imagens o agressor desfere tapas, socos, puxões de cabelo e até mesmo tenta estrangular a vítima, mesmo enquanto ela apelava para que o mesmo parasse. O caso aconteceu na madrugada do último dia 14 de dezembro, mas só chegou ao conhecimento da maioria das pessoas na última segunda-feira (21), quando foi compartilhado por milhares de internautas nas redes sociais.

Victor agride a namorada com tapas, murros e uma tentativa de estrangulamento

Luciana, procurou a Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (Deam) e registrou a denúncia um dia após a agressão ter acontecido. De acordo com o seu depoimento, ela já tinha vivenciado outros episódios de agressão por parte do namorado, mas nunca havia o denunciado. Dessa vez, ela decidiu gravar a conversa que eles estavam tendo com a câmera do seu celular escondida dentro de um guarda roupas.

O motivo do descontrole de Victor foi o fim do relacionamento de 3 anos decretado por Luciana. Em suas redes sociais, Luciana postou que está abalada emocionalmente. Compartilhou uma foto com o olho roxo e usou a palavra “covarde” em sua descrição. Victor, é filho do ex-prefeito que geriu o município de Anápolis, em Goiás, no período da ditadura, Euripedes Junqueira.

Diferente desse caso, muitos registros de violência doméstica no Brasil, ficam apenas no silêncio dos cenários que testemunham os abusos contra mulheres de todas as condições sociais.

Luciana, postou uma foto no Instagram com o olho roxo e usou a palavra “covarde” em sua descrição


Mais do Portal F5


  • Destaques

Vale abre vagas de estágio no Pará

A mineradora Vale, referência global no setor de mineração, está com inscrições abertas para o Programa...

  • Destaques

Justiça Autoriza Transfusão de Sangue em Bebê Contra Vontade dos Pais

Decisão Judicial Prioriza Vida de Recém-Nascido A Justiça de Ilhéus, Bahia, autorizou uma transfusão de...

  • Destaques

Polícia Federal Interrompe Atividade de Mineradora Clandestina no Pará

Cumaru do Norte (PA) — Em uma ação decisiva, a Polícia Federal (PF) desmantelou uma operação...

Você não pode copiar esse texto.