Polícia adotará mais métodos para identificação dos corpos de Brumadinho


  • Nenhum comentário
  • Destaques
Atualização de dados
Para uma atualização mais precisa dos dados cadastrais, a Acadepol vai convidar os familiares das vítimas, por telefone, a comparecerem ao Centro de Comando da academia, no bairro Nova Gameleira, na capital do estado, em dia e horário ainda a ser agendados.
Em nota, a Polícia Civil informa que está fazendo “todo o esforço necessário para conseguir uma rápida identificação das vítimas, em vista do sofrimento dos familiares, sem contudo ferir os devidos protocolos médico-legais de modo a garantir a precisão das perícias”.
“É muito importante dizer que os corpos já liberados pelo IML para os familiares foram identificados com rapidez e eficácia em um primeiro momento pelo método papiloscópico, que é feito através da identificação pelas digitais das vítimas”, diz a nota.
Múltiplas lesões
A Superintendência de Polícia Técnico-Científica esclareceu que a nova fase a ser seguida tem por objetivo a identificação dos corpos das vítimas que chegam ao IML com múltiplas lesões, o que é comum nesse tipo de tragédia.

A coleta para exame de DNA é realizada pela mucosa oral (boca), com equipamento próprio, e não oferece riscos ou desconforto aos familiares.

A Polícia Civil de Minas Gerais esclareceu, ainda, que os procedimentos para identificação das vítimas, em consequência do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, foram iniciados logo após a confirmação do rompimento.

“Nesse momento todos os esforços e recursos dos órgãos técnicos da PCMG estão sendo empregados para que as vítimas fatais sejam identificadas e liberadas aos seus familiares no menor espaço de tempo”, diz a nota.

A Polícia Civil ressaltou, ainda, não ser necessário que o familiar se desloque à Acadepol ou ao IML antes de receber uma ligação telefônica para realizar o agendamento e que em caso de dúvidas os questionamentos poderão ser encaminhado através do e-mail dvibrumadinho@gmail.com.

“As orientações sobre o que deverá ser levado pelo familiar (por exemplo: fotografias, radiografias ou objetos de uso pessoal da vítima) e sobre o transporte (Brumadinho-Acadepol-Brumadinho) serão passadas via telefone, conforme cada caso”, diz a nota.

Agencia Brasil


Mais do Portal F5


  • Destaques

Programa de Formação Profissional da Vale Expande Oportunidades

A Vale lançou um Programa de Formação Profissional (PTP) para capacitar indivíduos com as habilidades...

  • Destaques

Câmara de Parauapebas aprova campanha contra crimes cibernéticos

A Câmara Municipal de Parauapebas aprovou uma campanha de conscientização e prevenção contra crimes cibernéticos....

  • Destaques

Mulheres do União Brasil reúnem mais de 2 mil pessoas

O lançamento das pré-candidaturas femininas do União Brasil, realizado na noite deste sábado, dia 18,...

Você não pode copiar esse texto.