Protesto: Moradores do Novo Brasil cobram construção de ponte


  • Nenhum comentário
  • Destaques
Moradores queimaram pneus e exibiram cartazes com reivindicações

Na manhã de hoje (25), moradores do bairro Novo Brasil interditaram um trecho da PA 275, próximo ao viaduto da PA 160, colocando fogo em pneus e exibindo cartazes com reivindicações. Essa foi a forma que a comunidade encontrou para chamar a atenção das autoridades para a questão das obras da ponte que interliga o bairro Novo Brasil ao Amazônia.

Há no local uma placa da prefeitura que indica que a obra foi orçada em R$ 636.181,06 e que o início dos trabalhos teria ocorrido no dia 24 de maio deste ano, com previsão de entrega até 24 de maio de 2019. O problema, na visão dos moradores, é que as obras ainda ainda não começaram.

Placa indica valor e vigência da obra, que está parada

A ponte antiga fica localizada na rua Buriti, bairro Novo Brasil e por lá todos os dias os moradores se arriscam ao passar pelo perímetro, onde se nota que a ponte de madeira está em péssimas condições, oferecendo risco de acidente para aos pedestres.

Leandro de Souza Silva, presidente da Associação dos Moradores do Bairro Novo Brasil, participou do protesto. “A situação por aqui é complicada para adultos e principalmente para nossos filhos. Para eles irem a escola precisam se arriscar caminhando pela PA. O que a gente deseja é que a ponte seja construída”, destacou Leandro.

Após a chegada da Polícia Militar os moradores foram dispersados e o trânsito liberado. Em seguida a comunidade foi para a câmara de vereadores pedir auxílio para os parlamentares.

O Portal F5 entrou em contato com a prefeitura que através de nota esclareceu que a empresa vencedora da licitação para conduzir a obra foi obrigada a paralisar os serviços porque uma outra empresa concorrente, que participou do processo, entrou com mandado de segurança. Por se tratar de uma questão judicial, não depende agora do governo municipal dar continuidade aos serviços.

A Secretaria Municipal de Obras (Semob), ainda segundo a nota, reconhece as dificuldades dos moradores e espera que esta situação seja resolvida o quanto antes.

Momento em que moradores abasteciam caminhão com pneus
No início do protesto, alguns motociclistas ainda conseguiam passar pela via


Mais do Portal F5


  • Destaques

Programa de Formação Profissional da Vale Expande Oportunidades

A Vale lançou um Programa de Formação Profissional (PTP) para capacitar indivíduos com as habilidades...

  • Destaques

Câmara de Parauapebas aprova campanha contra crimes cibernéticos

A Câmara Municipal de Parauapebas aprovou uma campanha de conscientização e prevenção contra crimes cibernéticos....

  • Destaques

Mulheres do União Brasil reúnem mais de 2 mil pessoas

O lançamento das pré-candidaturas femininas do União Brasil, realizado na noite deste sábado, dia 18,...

Você não pode copiar esse texto.